{Papo com o autor} Rosangela Lamas, da obra “Wízzi – Um amor d´outro mundo”

Olá, caros leitores! É com grande alegria que trazemos mais uma entrevistada na coluna Papo com o autor.

Hoje é dia de Rosangela Lamas, autora da obra “Wízzi – Um amor d´outro mundo”.

Confira a entrevista e, no final, informações sobre a obra.

1) Conte um pouco sobre você!

O meu nome é Rosangela Lamas de Figueiredo. Moro em Visconde do Rio Branco-MG. Sou casada com Pedro e tenho um filho único, Alysson. Sou Funcionária Pública há sete anos. Formei-me em Administração e fiz Pós-Graduação em Gestão de Pessoas. Eu sou Feliz… E me considero uma pessoa de muita sorte!

2) Como surgiu a vontade de escrever? Sempre quis ser escritor (a)?

A vontade de escrever surgiu com alguns registros emocionais. Depois surgiram os contos, as crônicas, as poesias, as piadas, as histórias infantis e alguns romances… O maior sonho da minha vida é ser uma Escritora! Escrevo há anos e pretendo publicar muitos livros.

3) Qual o último livro que você leu?

Comunicação Global, do Dr. Lair Ribeiro e Inteligência Emocional de Daniel Goleman.

{Papo com o autor} Mário P. Neto, da obra “Abhacky”

Olá, caros leitores! É com grande alegria que trazemos mais um entrevistado na coluna Papo com o autor.

Hoje é dia de Mário P. Neto, autor da obra “Abhacky”.

Confira a entrevista e, no final, informações sobre a obra.

1) Conte um pouco sobre você!

Sou um brasileiro casado e apaixonado por futebol como a maioria. Meu maior sonho é conhecer a Alemanha, terra do melhor futebol e da melhor cerveja do mundo. Sempre gostei de quadrinhos, desenhos, filmes e animes. Talvez exista uma única coisa que eu goste mais do que tudo isso, cachorros, de todos tamanhos e raças (principalmente os sem raça).

2) Como surgiu a vontade de escrever? Sempre quis ser escritor (a)?

Desde muito novo eu gostava de inventar pequenas histórias, para continuar filmes e desenhos de que eu era fã, ou até mesmo mudar o final dos que não me agradavam. No ensino médio comecei a jogar RPG o que fez minha imaginação fluir muito, até que decidi criar o meu próprio mundo, meus próprios elfos e deuses.

3) Qual o último livro que você leu?

Atualmente estou lendo três séries: As crônicas de Gelo e Fogo, que estou esperando sair o sexto livro; A Torre Negra de Stephen King, que estou no segundo livro (quando leio livros dele gosto de ir devagar para absorver toda a “loucura” da mente dele); e estou no último livro d’ Os Heróis do Olimpo, série do Percy Jackson, que é uma leitura mais leve e divertida.

{Papo com o autor} Luiz Paulo Matias, da obra “O palhaço de uma piada só”

Olá, caros leitores! É com grande alegria que trazemos mais um entrevistado na coluna Papo com o autor.

Hoje é dia de Luiz Paulo Matias, autora da obra “O palhaço de uma piada só”.

Confira a entrevista e, no final, informações sobre a obra.

1) Conte um pouco sobre você!

Meu nome é Luiz Paulo Matias. Nasci em uma pequena cidade litorânea no Sul de Santa Catarina chamada Imaruí. Resido atualmente em Tubarão, neste mesmo Estado. Casado com Andreia Tavares, sou Pai de João Gabriel; Angelina e de um bebê que está crescendo na barriga da mamãe (ainda não sabemos o sexo). Graduando em Filosofia, leciono esta disciplina na rede estadual de ensino. Sou o que fui construindo: músico, compositor, escritor, pai babão, marido apaixonado e um ser intrigado pelos delineares do conhecimento em humildade de querer aprender sempre mais.

2) Como surgiu a vontade de escrever? Sempre quis ser escritor (a)?

Sempre li muito. Sou um amante das literaturas – Jô Soares, Chico Buarque, Machado de Assis, Graciliano Ramos, Miguel de Cervantes, Dostoievski, Jostein Gaarder e tantos outros que ficaria citando aqui em demasia. Lembro que eu queria fazer aquilo. Queria contar histórias. Histórias que fizessem as pessoas sentir e vivenciar os personagens, em suas complexidades e nuances. Minha memória remota sempre me conduz à escrita e ao ato de escrever. Sempre!

3) Qual o último livro que você leu?

Gosto de conhecer novas obras, além das clássicas. E não poderia eu lançar um livro na Cia do eBook sem ler autores desta editora. Assim, li há poucos dias Maria Lingueta de Elvio Crudi e A pianista de Nell Filho. Por sinal, sem pretensão coercitiva, livros fanáticos que recomendo a leitura.

{Papo com o autor} Fátima Vieira, da obra “O mar de Airés”

Olá, caros leitores! É com grande alegria que trazemos mais uma entrevistada na coluna Papo com o autor.

Hoje é dia de Fátima Vieira, autora da obra “O mar de Airés”.

Confira a entrevista e, no final, informações sobre a obra.

1) Conte um pouco sobre você!

Meu nome é Fátima Vieira dos Santos, tenho 47 anos, solteira, sou psicopedagoga, tenho um Blog (Blog da Cegonha) sobre educação, mas devido ao meu trabalho não tenho tido tempo para escrever. Tenho uma família linda, meus pais que amo muito (meu pai é falecido, moro com minha mãe) um irmão mais velho (muito querido), minha cunhada e três sobrinhas lindas de 19, 20 e 22 anos. O que mais gosto de fazer é brincar com meus bichinhos, cuidar das plantas e escrever. Gosto também de tomar um chopp, bater papo e escutar uma boa música, quanto mais simples a vida, melhor. Deixo Santíssima Trindade e Nossa Senhora conduzir minha vida.

2) Como surgiu a vontade de escrever? Sempre quis ser escritor (a)?

Na adolescência gostava de escrever poesias, mas nunca pensei em me tornar uma escritora. Devido à necessidade do meu trabalho (gestão de RH) precisei desenvolver a técnica de relatórios e a alguns anos depois criei o Blog da Cegonha ( porque tinha uma loja de bebê com minha mãe). E como sempre gostei de ler romance, minha mãe me questionou o porquê de não escrever. E como gosto de começar coisas novas, me aventurei e espero levar as pessoas uma leitura prazerosa, como foi criar o Mar de Airés.

3) Qual o último livro que você leu?

O ultimo livro que li foi Orgulho e Preconceito de Jane Austen, mas gosto de outros autores, Morris West, Ken Follet, Jorge Amado. Gosto também de ler biografias.

{Papo com o autor} Nell Filho, da obra “Patrícia, a pianista”

Olá, caros leitores! É com grande alegria que trazemos mais um entrevistado na coluna Papo com o autor.

Hoje é dia de Nell Filho, autor da obra “Patrícia, a pianista”.

Confira a entrevista e, no final, informações sobre a obra.

1) Conte um pouco sobre você!

Sou cantor e compositor. Agora investindo tempo e energia para a literatura, sintetizando e canalizando minha energia criativa, fazendo um liquidificador de ideias entre tudo que vivi, li e ouvi.

2) Como surgiu a vontade de escrever? Sempre quis ser escritor (a)?

Escrever sempre foi um plano para o futuro, tenho muitas ideias sobre temas, histórias, crises existenciais… Num certo momento, eu percebi que o futuro é sempre futuro, dia após dia. Resolvi fazer para o presente, escrevi Patrícia, a pianista, e já tenho outros projetos em andamento.

3) Qual o último livro que você leu?

A insustentável leveza do ser (Milan Kundera)

{Papo com o autor} Juan Pedro Guarachi, da obra “Entendimento para o sucesso”

Olá, caros leitores! É com grande alegria que trazemos mais um entrevistado na coluna Papo com o autor.

Hoje é dia de Juan Pedro Guarachi, autor da obra “Entendimento para o sucesso”.

Confira a entrevista e, no final, informações sobre a obra.

1) Conte um pouco sobre você!

Nasci em Buenos Aires e com 4 anos vim morar no Brasil. Cresci em Uruguaiana (RS) Casei com a Maressa Silverio Guarachi e temos uma filha Chamada Maria Julia Guarachi. Estou me formando em ADM pela faculdade Uninter, sou evangélico e ministro do evangelho da Igreja Assembleia de Deus em Itajaí.

2) Como surgiu a vontade de escrever? Sempre quis ser escritor (a)?

Surgiu para suprir uma necessidade na vida das pessoas que sofrem, e através do entendimento que Deus nos revela através de sua Palavra podemos nos levantar tal como Jesus enfrentava todos os tipos de situações. Eu quando comecei a ministrar o evangelho em Igrejas, nasceu esse desejo de escrever um livro, eu tinha uns 16 anos, passou o tempo e acabei escrevendo meu primeiro livro com 25 anos, que leva o título de entendimento para o sucesso.

3) Qual o último livro que você leu?

Exija seus Direitos, de RR Soares.